Harry Potter e a Pedra Filosofal

Resenha: "Harry Potter e a Pedra Filosofal"

24/03/2016 19:15

 

 

  Editora: Editorial Presença

  Autor: J K Rowling

  Edição: 38

  Número de páginas: 357

 

 

 

 

Sobre a autora:

J K Rowling é autora de algumas obras (poucas), das quais se destaca a coleção de sete volumes, "Harry Potter", incluindo também  o livro "Morte Súbita", este para adultos. A coleção fez desta escritora a primeira pessoa a tonar-se bilionário por escrever livros, tendo atingido fortunas impensáveis!!

 

A obra:

Olá a todos!! :)

 

Terminei hoje o livro “Harry Potter e a Pedra Filosofal”… É verdade! Nunca tinha lido nenhum livro do HP… Esta coleção que acompanhou tantos jovens e adultos e que inspirou milhares de produções artísticas à volta do mundo…

 

E consegui perceber por que é que isso aconteceu..! Descrevo o livro numa palavra: BRI-LHAN-TE, ou então PER-FEI-TO!! Adorei mesmo!

 

Na minha opinião, acaba por mostrar que o simples muitas vezes é o melhor..! Parece-nos algo “fácil de imaginar”… Um rapazinho órfão que vive com os tios desde que nasceu (mal tratado por estes) e que, de repente, descobre que é feiticeiro! Mas até nem é só isso… O mundo da magia sofreu uma fase em que as Trevas (dominadas por Voldemort) instalaram o pânico! E, filho de grandes feiticeiros, em bebé, Harry Potter acaba com esse malvado, sem saber como… Apenas se sabe que a sua cicatriz da testa advém desse episódio, que se seguiu à morte dos pais. Escusado será dizer que, por ser bebé, Harry não se lembra de nada!

 

Após esta descoberta, Harry ingressa em Hogwarts, a melhor escola de feitiçaria, onde faz amigos: primeiro Ron Weasley, depois junta-se a eles Hermione Granger.

 

Como eu ia dizendo, até pode parecer fácil, mas cada pormenor, cada episódio que ocorreu nesse ano em Hogwarts, tinha uma ligação profunda à história principal… Por exemplo, temos o desporto “oficial” o Quidditch, com regras próprias e específicas, os “alimentos” e guloseimas, brinquedos, objetos, tudo especial e próprio daquele mundo!!

 

E, então, neste primeiro ano, desenrolou-se um mistério… que envolvia Snape, um professor que teimava em “odiar” Harry; Quirrel, outro professor (aparentemente inofensivo); e ainda a Pedra Filosofal… :)

 

 

Adorei que a “tensão” fosse crescendo até ao final…

 

Ah! E adorei a escrita de J K Rowling! É maravilhosa! Leve, fluida, e permite-me “visualizar” a ação e saborear cada página, com a maior calma (embora, na verdade, a leitura tenha sido bem rápida!).

 

Não vos quero revelar muito da história, porque adorei realmente descobrir tudo aquilo e, para contar uma parte, é necessário “puxar” muitos mais factos, já que, realmente, se encontram todos entrelaçados…

 

E, para além da escrita, gostei imenso da forma como a escritora foi construindo as personagens, de um jeito diferente… Conseguimos de imediato “odiar” Malfoy e os Slytherin (um dos grupos em que os alunos estão divididos; Harry e os amigos pertencem aos Gryffindor). Sentimos admiração e respeito por Dumbledore e um “carinho” por Hermione e mesmo pelo grandalhão Hagrid! :)

 

Ah! E J K Rowling é também capaz de nos deixar os sentimentos à flor da pele… Para além das pequenas risadas que abundam ao longo da leitura, sentimo-nos tristes e comovidos em algumas cenas.. E, logo na seguinte, damos pulos de alegria (isto aconteceu-me mesmo, no final!).

 

Portanto, se assim como eu (agora já não..), fazem parte da minoria que ainda não leu Harry Potter, aconselho-vos a apressarem-se, pois é uma leitura inesquecível!

 

E, claro, no meio das “aventuras” (que andam, no fundo, à volta de uma única), conseguimos sempre tirar algumas lições de vida.. A maior parte indirectamente, mas também algumas “passadas a palavras”:

 

Dumbledore: “Não se resolve nada a divagar em sonhos quando nos esquecemos de viver. Lembra-te disto.”

 

Eu acho que nunca senti uma vontade tão GRANDE, de CORRER a comprar o próximo livro, embora o final tenha sido sereno (mas ficaram algumas pontas soltas).. Eu queria ter alguma calma, porque são apenas sete, mas não sei se vou conseguir!! :) Foi mesmo ótimo!!

 

Terminei a leitura esta manhã e comecei, de tarde, a explorar “A Corporação Invisível”, cujo título me "chama", mas que (tenho a certeza) não chegará ao nível de HP.

 

 

Sim, porque, arrisco-me a dizer, este é capaz de se ter tornado o meu livro favorito!! :) :)

 

Boas leituras!! ;)

 

 

Volumes publicados da coleção:

HP e a Pedra Filosofal

HP e a Câmara dos Segredos

HP e o Prisioneiro de Azakaban

HP e o Cálice de Fogo (resenhe em breve)

HP e a Ordem de Fénix

HP e o Príncipe Misterioso

HP e os Talismãs da Morte

 

Quidditch Através dos Tempos (extra)

Animais Fantásticos e Onde Encontrá-los (extra)

Contos de Beedle, o Bardo (extra)