Resenha: "Sermão de Santo António aos Peixes"

14/01/2017 16:36

 

 

 

  Editora: Porto Editora

  Autor: Padre António Vieira

  Edição: 1

  Número de páginas: 64

 

 

 

Sobre o autor

Conhecido orador religioso, nasceu em 1608 (Lisboa) e veio a falecer em 1697 (Baía), após viver longos anos no Brasil, onde criticou especialmente o poder excessivo exercido pelos colonos sobre os povos nativos.

 

A obra

Olá a todos!! :)

 

Eu li este livro nas aulas de Português, como tantos outros livros, que, por não me dedicar a lê-los realmente (ou totalmente), não trago resenha. Desta vez, foi diferente: li-o em casa também, de ponta a cabo, e calmamente.

 

Trata-se literalmente de um sermão, proferido por Padre António Vieira, ao povo de S Luís do Maranhão, no Brasil, no século XVII. No fundo, critica a corrupção vivida na época, por meio de uma analogia.

 

Liga o seu sermão ao proferido por Santo António aos peixes e, a partir daí, usa os peixes para mostrar os defeitos dos homens.

 

 

Este não é um livro com uma “ação” propriamente dita, e confesso que nunca leria se não fosse para as aulas não leria. É reflexivo…

 

É um livro intemporal, e que convida à reflexão, pela crítica social mordaz que o livro faz. Contudo, é uma pena que a escrita não seja fluida (o que é natural, tendo em conta a quantidade de vocábulos antigos e estruturas frásicas nada usadas atualmente).

 

É certo que a ideia foi criativa e que o autor anda “às voltas”, explorando bem a metáfora, tendo uma boa estrutura e divisão.

 

Só é pena que não prenda o leitor como desejado…

 

Boas leituras!! ;)

Tópico: Resenha: "Sermão de Santo António aos Peixes"

Olá!

Data: 20/01/2017 | De: Priscila Alexandre

Não gosto de ler livros religiosos, as reflexões que fazem não me fazem pensar em muito a não ser manipulação... Mesmo que faça uma boa crítica, como você disse, ainda não é meu gosto de livro.

Abraços!
www.asmeninasqueleemlivros.com

:*

Data: 19/01/2017 | De: Gabriela Cerqueira

Já conheço alguns textos de Antônio Vieira e de Camões, pois estudo letras e as obras dele são bastante estudadas em inúmeras disciplinas, confesso que não são muito de meu agrado, as leio apenas por obrigação, não as faria como uma leitura prazerosa fora do meio acadêmico.

Olá

Data: 19/01/2017 | De: Marina Santos

Não me interesse por livros desse tipo, mas fico feliz que a leitura tenha trazido uma reflexão pra ti, uma pena que não prende tanto, né? Não curto livros com essa temática e tal, passo sua dica.

beijos,
www.anebee.com.br

Curioso

Data: 18/01/2017 | De: Anne

Olá,
esse não é um livro que eu compraria se o visse na livraria, mas o conteúdo me chamou a atenção, exatamente por nos convidar a uma reflexão tão antiga e ao mesmo tempo tão atual.
Infelizmente a leitura parece ser difícil, daquelas que parecem nunca acabar devido a linguagem utilizada.

Beijos,
Anne
<a href="http://www.fadasliterarias.com.br/">Fadas Literárias</a>

Olá

Data: 17/01/2017 | De: Bruna Costabeber

Olá!
Que livro mais extraordinário. Confesso que não o conhecia, mas achei muito legal ele ser atemporal e com uma crítica mordaz que convida o leitor à reflexão.
Não sei se esse livro existe no Brasil, mas vou me valer da dica e torço para gostar.
Beijos

Intrigante

Data: 16/01/2017 | De: Michele Lopez

Olá,
Confesso que jamais pensaria em ler tal livro assim do nada.
Achei interessante que tenha se dedicado a fazer a leitura de ponta a cabo e gostei de saber suas impressões sobre ele.
Confesso que fiquei intrigada para conferir essa crítica mordaz, mas fiquei um pouco triste por não ser fluida, o que é de se esperar pela escrita mais antiga.

http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

Legal!

Data: 15/01/2017 | De: Dayane Reis

Olá! Os livros que tinha que ler na escolha realmente também não me dedica muito a eles. Serão, Santo e Padre não são elementos que me chama atenção em um livro. Mas gosto de livros que convida à reflexão. Pena que não prenda o leitor que gosta do gênero. Beijos'

Novo comentário